Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Descubra as Aldeias Históricas de Portugal

Viaje connosco pelas Aldeias Históricas de Portugal, um tesouro escondido no Portugal profundo, todas as segundas-feiras, a partir das 18 horas.

Descubra as Aldeias Históricas de Portugal

Viaje connosco pelas Aldeias Históricas de Portugal, um tesouro escondido no Portugal profundo, todas as segundas-feiras, a partir das 18 horas.

www.aldeiadaminhavida.blogspot.com

O Miradouro natural da Marofa:

14.04.09, aldeiashistoricasdeportugal
A melhor forma de despedir-nos desta belíssima terra , onde está aldeia de Castelo Rodrigo, ( onde voltaremos brevemente) e a lindíssima vila de Figueira de Castelo Rodrigo é avistá-la ao longe no miradouro natural da Serra da Marofa .


Castelo Rodrigo

Figueira de Castelo Rodrigo

“O cimo da Serra da Marofa é um excelente(…) ponto de atracção para o elevado número de visitantes que não perdem a oportunidade de admirar a deslumbrante panorâmica que daqui se avista.


A monotonia do verde das hortas, do arvoredo, das vinhas e do mato rasteiro, cruza com o tom dourado das searas e da terra. Ao fundo, no limite do horizonte longínquo que se abarca em redor, na direcção do Nordeste, sobressaem, em tom ligeiramente acinzentado, com cambiantes de laivos azuis claros, as montanhas de Trás-os-Montes, destacando-se as dos Bornes e Montemuro.



A Poente, as elevações onde se evidencia a cidade amuralhada de Trancoso, Vila Nova de Foz Côa e a vila de Meda.





Para sul, a imponência da Serra da Estrela, a mais alta de Portugal Continental.


Ao longe, para Nascente, até onde olhar pode alcançar, avistam-se terras de Espanha, englobando a vastíssima região de Salamanca, desde Saucelhe até às alturas de Bejar e Penha de França. Aqui e além, sobressai o colorido das pequenas povoações, onde o casario branco, coroado de telhados vermelhos, empresta uma coloração garrida e alegre à paisagem natural, humanizando-a”. (1)






______________________________________________

Notas Bibliográficas:

(1) Borges, Júlio António, “Santuário Mariano da Serra da Marofa”, Edição do Santuário, Junho de 1998.

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2