Viaje connosco pelas Aldeias Históricas de Portugal, um tesouro escondido no Portugal profundo, todas as segundas-feiras, a partir das 18 horas.

www.aldeiadaminhavida.blogspot.com
09
Mar 09







Antes de partirmos, rumo a uma nova aldeia, aqui fica um vídeo sobre Castelo de Marialva... e a vontade de lá voltar...sempre que tiver saudades daquele enigmático lugar...

E agora é tempo de voltarmos à estrada a caminho de Castelo Rodrigo, em terras entre o Douro e a Beira Alta, onde começa o "Riba Côa" e define fronteira com Espanha.

Para lá chegar, temos duas alternativas:



percurso 1 Marialva-Castelo Rodrigo(clique aqui):

  • ponto de partida Marialva entra-se na Ip2/EN 102 até Vila Nova de Foz Côa;

  • segue-se em direcção a Castelo Melhor pela estrada nº222;

  • cortando para Almendra pela estrada nº332 em direcção a Figueira Castelo Rodrigo até encontrar lá no alto do monte a Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo.

    Nota: São 60 km, com a duração de uma hora ( de carro);

percurso 2 : Lisboa- Castelo Rodrigo ( clique aqui):

  • ponto de partida : Lisboa , entra-se na A1 (Lisboa-Porto)

  • saída Abrantes -Torres-Novas para apanhar a A23 (direcção à Guarda)

  • saída em direcção a Sabugal/Pinhel, pela A25/IP5,

  • em seguida toma-se a estrada nacional 324 em direcção a Almeida;

  • segue-se a estrada nacional nº 340 e depois a estrada nº 332 quando passar em Arabalda do Poço, em direcção a Castelo Rodrigo.

    Nota:distância do percurso : 376 km; duração cerca de 4 horas; custos de portagem : 2,80€




E cá estamos, na linda aldeia de Castelo Rodrigo!










"Situada no cume de um monte de 820 metros de altitude, a nascente da serra da Marofa e a 5 km a sudoeste de Figueira de Castelo Rodrigo. É deslumbrante a panorâmica que se admira do local, abrangendo terras de Espanha, Trás-os-Montes, Douro e Beiras."(1)

Antes de conhecermos a aldeia, proponho fazer uma breve viagem pela sua História:

" A fundação de Castelo Rodrigo remontará ao tempo dos Túrdulos que, cinco séculos antes do nascimento de Cristo, terão habitado a região. Posteriormente, Romanos e árabes foram outros povos invasores que se asenhorearam dos férteis terrenos(...)(2)" em volta.

Mas na realidade, quem deu o nome e fundou a actual aldeia foi o conde Rodrigo Gonzáles Girón do reino de Leão, no início do século XII, que depois da luta contra os mouros construiu uma muralha no alto do monte sobre um rochedo. Daí o nome de Castelo Rodrigo



Por volta de 1209 Castelo Rodrigo tornou-se numa povoação fortificada , como parte integrante da linha defensiva do reino leonês da margem direita do rio côa ( oposta à linha defensiva portuguesa da margem esquerda) onde tambémfaziam parte Castelo Melhor, Almeida, Castelo Bom e Sabugal .

A Aldeia foi disputada pelos reis cristãos ( de Leão e de Portugal) e pelos mouros. O interesse pela terra devia-se , não só pelos terrenos bastante férteis, mas também pelo facto de ser um importante ponto estratégico para a defesa das suas terras recém-reconquistada.

Depois de passar por várias mãos, Castelo Rodrigo foi a última terra de riba-côa que se tornou definitivamente portuguesa com o Tratado de Alcanices, em 1297 no reinado de D. Dinis.


Mas os tempos de paz foram pouco duradoiros por estas terras...e vamos procurar descobrir porquê, e saber mais sobre esta magnífica terra na próxima semana...

Até lá!

_____________________

nota:Bibiografia:

  • Borges, Júlio António, "A natureza, o homem e a arte- roteiro turistico cultural", Município de Figueira de Castelo Rodrigo, 2000.
  • da Cruz ,Manuel Braga, "Castelo Rodrigo e o convento de Stª Maria Aguiar", Junho 2006;

publicado por aldeiashistoricasdeportugal às 15:20

無料カウンター
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Feira Medieval Castelo Mendo 2009
Feira Medieval Monsanto 2009
Marialva
Sortelha
Almeida
Castelo Rodrigo
Castelo Mendo
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO
blogs SAPO