Viaje connosco pelas Aldeias Históricas de Portugal, um tesouro escondido no Portugal profundo, todas as segundas-feiras, a partir das 18 horas.

www.aldeiadaminhavida.blogspot.com
06
Abr 09
...uma vez que segunda-feira é ainda tempo de Páscoa sugeria adiar a viagem para terça-feira (dia 14 de Abril) , onde seguiremos até à Serra da Marofa . Por lá há muito para contar e encantar.

Até lá!

Desejo a todos uma Páscoa Feliz!
publicado por aldeiashistoricasdeportugal às 18:46

A cegonha “Joana” ,assim baptizada pelos Figueirenses, caiu em tenra idade. Queda fatal que nunca lhe permitiu voar, apesar de ter recebido tratamento no Parque Natural da Serra da Estrela. Ao fim do tratamento regressou a Figueira e foi recebida no quartel dos bombeiros onde construiram um ninho à sua medida.
Acarinhada por todos, “Joana” conquistou simpatias; era estimada e alimentada por toda a população. Passeava pelas as ruas durante o dia e à noite regressava a “casa”.
Contudo um dia foi fatal, a cegonha Joana foi atacada por cães vadios e sucumbiu aos ferimentos. Face ao sucedido os Bombeiros decidiram prestar uma homenagem a “Joana” e embalsamaram-na. Este episódio da cegonha Joana sensibilizou o coração de toda a população, que passou a considerar as cegonhas um Ex-líbris (1).

A ela dedicam o refrão popular, à chegada das cegonhas e do bom tempo:
“ Dia de S. Brás
Cegonha verás
Três dias p´ra diante
Três dias p´ra trás.(1)”
E depois da cegonha Joana já outras conquistaram o coração dos Figueirenses.
_______________
notas bibliográficas:
(1) informação retirada da internet.
(2) Graça, Eduardo (direc.) “Castelo Rodrigo”,Vol 3, Cartas de Lazer das Aldeias Históricas, Janeiro 2000.
publicado por aldeiashistoricasdeportugal às 18:33

Depois desse mergulho na História de Castelo Rodrigo, sugiro seguirmos viagem , em direcção à vila de Figueira de Castelo Rodrigo, actual sede do concelho, com cerca de 9 mil habitantes.



Inicialmente era uma aldeia, freguesia de Castelo Rodrigo,, chamada Figueira de S. Vincente, onde os mercadores instalavam as suas tendas, uma vez que era um local amplo e mais agradável para desenvolver o comércio, do que em Castelo Rodrigo.
“(…)Por decreto de 25 de Julho de 1836, a Rainha D. Maria, extingue a sede do concelho (Castelo Rodrigo) e passa esta freguesia à categoria de concelho, adoptando o nome de Figueira de Castelo Rodrigo para que perdurasse na memória dos povos a existência da antiga sede” (1).

A Vila de Figueira de Castelo Rodrigo brinda-nos com vários pontos de interesse turístico. As suas paisagens estão repletas de belos atractivos. A mãe natureza contemplou aquela vila com inúmeras paisagens deslumbrantes, como as amendoeiras em flor, que a partir do final de Fevereiro dão cor ao concelho e atraem muitos turistas.


Foto retirada da internet

Durante este período são inúmeras as excursões que demandam terras Figueirenses, na intenção de apreciarem as mais belas paisagens.
Também a amêndoa é um fruto muito apreciado na região, onde produzem os saborosos bolos de amêndoa, como não há igual. Poderá encontrá-los na Lojinha da "Figueira Verde"( no largo da Igreja ou nos postos de Turismo) , para além de outros produtos com sabores a memória, como os enchidos, queijos e o vinho da região.

Quem quiser degustar uma amostra dos produtos da região, como o queijo, fumeiros e vinho do Porto, sempre pode visitar a Loja da Dolly, que está aberta todos os dias. Encontará lá uma grande variedade de produtos da região, bem como loiça em barro do senhor "Manuel Loiceiro".

Quem gostar de bolos tradicionais não pode deixar de passar pela pequena e simpática Padaria Gomes, onde encontrará uma variedade de bolos, como o bolo de laranja, o bolo de Escalhão, bolos esquecidos, bolo tónico e o bolo económico. Se tiver dificuldade em encontrá-la, pergunte pela padaria , que a simpática gente figueiresense se encarrega de o levar lá pessoalmente.

As cegonhas são outro ponto de interesse turístico, uma vez que elas habitam naquele espaço, principalmente na torre de Igreja onde um imponente ninho pode ser observado.

Na vila pode-se também visitar a Igreja Matriz com fachada barroca e a capela da Senhora da Conceição.
Figueira de Castelo Rodrigo é um local inesquecível que merece uma visita não só pelas glórias passadas, mas pela beleza e a ancestralidade do lugar.
escrito por Sandra Carvalho e Susana Falhas
publicado por aldeiashistoricasdeportugal às 17:39




Depois da visita ao convento de Sta Maria de Aguiar, ninguém fica indiferente à esplêndida varanda de pedra, oitocentista da Hospedaria.
Inicialmente o edifício da Hospedaria, com a varanda de pedra encontrava-se integrado no complexo do convento de Sta Maria de Aguiar, desde 1165, como já fazia referência o documento de Fernando II de Leão .
Recentemente foi objecto de reconstrução para ser transformada numa unidade de Turismo de Habitação, denominada de Hospedaria do Convento.
Agora está aberta a todos os visitantes que procuram a região e continua a tradição de acolhimento de peregrinos que se deslocavam na rota de Santiago, desde o séc. XII.

A Hospedaria do Convento , para além de respirar História, por dentro e por fora, está rodeada de prados e de uma multicentenária mata de carvalhos. Oferece ainda aos seus hóspedes um toque de conforto e de requinte, como se espera de um bom anfitrião.

Para mais informações sobre este espaço, clique aqui.

_____

Nota: Imagens retiradas da internet

publicado por aldeiashistoricasdeportugal às 17:00

無料カウンター
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Feira Medieval Castelo Mendo 2009
Feira Medieval Monsanto 2009
Marialva
Sortelha
Almeida
Castelo Rodrigo
Castelo Mendo
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO
blogs SAPO